Mutirão contra o mosquito Aedes Aegypti é realizado pela Prefeitura de Três de Maio

  • Diversos bairros da cidade já foram alvo das equipes e o trabalho deve ser intensificado em outras áreas da cidade

    Assunto: Saúde  |   Publicado em: 11/05/2017 às 14:22   |   Imprimir

Uma ação do Governo Municipal de Três de Maio mobilizou a Secretaria Municipal de Saúde, Vigilância Epidemiológica e Agentes Comunitários de Saúde, em prol de combater o mosquito Aedes Aegypti que transmite três vírus que podem gerar doenças graves, a dengue, a febre Chikungunya e o vírus Zika. As ações ocorreram durante toda essa semana.

Um mero descuido com um recipiente abandonado, um pneu em local inapropriado, ou o acumulo de lixo, seguido por uma pequena precipitação seguida de calor, são suficientes para que o Aedes aegypti possa realizar seu ciclo de reprodução. Se colocarmos na conta ainda uma pessoa enferma nas proximidades do foco do mosquito, temos como resultado a rápida proliferação de alguma das doenças transmitidas pelo mosquito. Conforme informação dos órgãos de controle de doenças, o mosquito que pica uma pessoa doente pode transmitir o vírus para até 30 pessoas.

A Secretária de Saúde de Três de Maio, Gislaine Mella, falou sobre a importância do trabalho e empenho de cada um dos servidores municipais. Gislaine ainda destacou que a busca por uma saúde de qualidade depende do trabalho de cada um e principalmente do apoio da população, que precisa manter o combate ao mosquito como uma atividade de rotina, sempre mantendo os terrenos baldios e encostas de rios e córregos livres de entulhos e lixo.

Segundo a coordenadora da Vigilância, Sirlei Weise, a ação buscou conscientizar a população da importância do combate ao mosquito com gestos simples, como manter terrenos bem limpos e livre de lixo e entulhos, é preciso apenas 10 minutos diários para que a dengue fique longe. Sirlei ainda explica que a ação vem ao encontro de reduzir o índice de infestação para que o município fique longe de possíveis epidemias e proliferação dos vírus.

As equipes foram as ruas dos bairros Santa Rita, Schardong, Santa Maria e Carolina, buscando a mobilização, conscientização, prevenção e controle endêmico, visando mostrar que só com a colaboração de todos podemos ficar sossegados e livres desse mosquito que traz tantos danos à saúde, as equipes recolheram entulhos e lixo que estavam espalhados nos lugares de comum circulação e aproveitaram a oportunidade para conversar e orientar moradores sobre pequenas ações e que se tornam fundamentais para a saúde da população.

Texto e fotos: Gabriel Lautenschleger / Coordenadoria de Comunicação