FEVEREIRO ROXO e LARANJA

Data de Início: 01/02/2022
Data de Término: 01/03/2022

Descrição:

Para conscientizar e incentivar a realização de exames, o mês de fevereiro trabalha duas cores fortes para representar perigosas doenças. A cor laranja, simboliza a Leucemia, que se trata de um tipo de câncer que afeta os tecidos que formam as células sanguíneas, geralmente de origem desconhecida. E a cor roxa retrata o Lúpus, Fibromialgia e o Alzheimer, sendo duas doenças autoimunes e uma degenerativa, sendo silenciosas em seus sintomas e de progressão gradual.

LEUCEMIA

A leucemia é uma doença maligna dos glóbulos brancos e tem como principal característica o acúmulo de células doentes na medula óssea, que substituem as células sanguíneas normais. De acordo com o INCA,  existem mais de 12 tipos de leucemia, sendo que os quatro primários são leucemia mieloide aguda (LMA), leucemia mieloide crônica (LMC), leucemia linfocítica aguda (LLA) e leucemia linfocítica crônica (CLL). As causas da leucemia ainda não estão definidas, mas existem fatores com o risco aumentado de desenvolver alguns tipos específicos da doença, como:

  • – Benzeno (encontrado na gasolina e largamente usado na indústria química).
  • – Radiação ionizante (raios X e gama) proveniente de procedimentos médicos (radioterapia).
  • – Quimioterapia (algumas classes de medicamentos usados no tratamento do câncer e doenças auto-imunes).
  • – Formaldeído: exposição ocupacional em indústrias (química, têxtil, entre outras), área biomédica/saúde (hospitais e laboratórios: antisséptico, desinfetante, fixador histológico e solvente), além do uso não autorizado pela Anvisa desta substância em alguns salões de beleza (procedimento de alisamento capilar).
  • – Produção de borracha.
  • – Síndrome de Down e outras doenças hereditárias.
  • – Síndrome mielodisplásica e outras desordens sanguíneas.
  • – História familiar.
  • – Exposição a agrotóxicos, solventes, diesel, poeiras, infecção por vírus de hepatite B e C.

A detecção deste tipo de câncer pode ser realizada por meio da investigação com exames clínicos, laboratoriais ou radiológicos, de pessoas com sinais e sintomas sugestivos da doença (diagnóstico precoce), ou com o uso de exames periódicos em pessoas sem sinais ou sintomas (rastreamento), mas pertencentes a grupos com maior chance de ter a doença. Este diagnóstico precoce possibilita melhores resultados em seu tratamento.

LÚPUS

O Lúpus (LES) é uma doença inflamatória autoimune, que pode afetar articulações, pele, rins, células sanguíneas, cérebro, coração e pulmões. Existem quatro formas diferentes de manifestação: Lúpus Discoide (limitado à pele do indivíduo), Lúpus Sistêmico (tipo mais comum, onde a inflamação acontece em todo o organismo), Lúpus induzido por drogas (causado por medicamentos e/ou drogas) e Lúpus Neonatal (tipo mais raro, em recém-nascidos de mulheres que têm lúpus). Os sintomas podem surgir de repente ou se desenvolverem lentamente, os mais conhecidos são:

  • – Dores nas articulações.
  • – Rash cutâneo (vermelhidão na face em forma de borboleta sobre as bochechas e a ponta do nariz.
  • – Rigidez muscular e inchaços.
  • – Lesões na pele.
  • – Dificuldade para respirar.
  • – Dor no peito ao inspirar profundamente.
  • – Sensibilidade à luz do sol.
  • – Dor de cabeça, confusão mental e perda de memória.
  • – Linfonodos aumentados.
  • – Queda de cabelo.
  • – Feridas na boca.
  • – Desconforto geral, ansiedade, mal-estar.

Atualmente ainda não existe uma cura para o Lúpus, no entanto os tratamentos podem melhorar a qualidade de vida e controlar os sintomas. Pacientes com a doença devem realizar modificações no estilo de vida, incluindo dieta e proteção contra o sol, além do uso de medicações, de acordo com o diagnóstico.

FIBROMIALGIA

A fibromialgia, é uma síndrome clínica que se manifesta com dor no corpo todo, principalmente na musculatura, isto acontece devido uma alteração da interpretação dos estímulos recebidos pelo cérebro e também pelos receptores cutâneos. Tipicamente presente em mulheres, os principais sintomas são:

  • – Dor persistente e sensibilidade que se espalham pelo corpo todo, principalmente pelo crânio, tórax e coluna vertebral.
  • – Rigidez corporal.
  • – Fadiga (Sono fragmentado e sono não-restaurador).
  • – Dificuldades cognitivas.
  • – Ansiedade e/ou depressão.
  • – Alterações intestinais.

Embora ainda não haja cura, o tratamento controla a doença e deve ser feito com um acompanhamento especializado, consistindo no uso de medicamentos como antidepressivos, ansiolíticos, analgésicos, relaxantes musculares e atividades físicas como aeróbica e anaeróbica.

ALZHEIMNER

O Alzheimer é uma doença progressiva que causa problemas na memória, pensamento e comportamento. Nos estágios iniciais, os sintomas de demência podem ser mínimos, mas pioram conforme a doença causa mais danos ao cérebro. Segundo o Ministério da Saúde, o quadro clínico da doença se divide em quatro:

  • – Estágio 1 (forma inicial): alterações na memória, na personalidade e nas habilidades visuais e espaciais.
  • – Estágio 2 (forma moderada): dificuldade para falar, realizar tarefas simples e coordenar movimentos. Agitação e insônia.
  • – Estágio 3 (forma grave): resistência à execução de tarefas diárias. Incontinência urinária e fecal. Dificuldade para comer. Deficiência motora progressiva.
  • – Estágio 4 (terminal): restrição ao leito. Mutismo. Dor à deglutição. Infecções intercorrentes.

Apesar de não haver tratamentos que impeçam o progresso da doença de Alzheimer, há medicamentos para tratar os sintomas de demência. A taxa de progresso é variável conforme a pessoa, contudo, pessoas portadoras de Alzheimer vivem em média até oito anos após o início dos sintomas. Afetando também mais mulheres, do que homens, existem formas de se prevenir, como:

  • – Estudar, ler, pensar, manter a mente sempre ativa.
  • – Fazer exercícios de aritmética.
  • – Jogos inteligentes.
  • – Atividades em grupo.
  • – Não fumar.
  • – Não consumir bebida alcoólica.
  • – Ter alimentação saudável e regrada.
  • – Fazer prática de atividades físicas regulares.

 

 

 

Local:
Realização: